encontrar pais biológicos, Como encontrar pais biológicos? Descubra agora

Como encontrar pais biológicos? Descubra agora

Adotar uma criança é um ato de amor admirável, mas apesar da maioria dos filhos se sentirem amados e acolhidos pelos pais adotivos, a vontade de encontrar os pais biológicos prevalece. Se esse é o seu caso e você tem dúvidas como “quem são meus pais verdadeiros?”, “de onde são?” e “por que abdicaram dos direitos paternos ao me entregar para adoção?”, continue lendo esse artigo e saiba o que fazer.

1º: tenha certeza de que encontrar seus pais biológicos é o que você quer

Estar preparado emocional e psicologicamente é essencial, porque um processo como esse pode ser estressante e acabar causando danos emocionais para quem está envolvido. Evite enfrentar essa situação sozinho, contando com o apoio de amigos e familiares.

2º: colha as informações mais próximas

Se você é adotado, provavelmente, seus pais adotivos têm alguma dica ou informação que será importante para você iniciar a sua busca. Se não souberem algo diretamente de seus pais biológicos, ao menos, saberão algo por meio da agência de adoção. Então, caso eles estejam cientes da sua vontade em conhecer suas origens, peça ajuda a eles. Agora, se você preferir não contar à sua família, comece pelos serviços locais de adoção e saúde.

3º: conte com ajuda profissional para uma investigação mais rápida e certeira

O jeito mais ágil de encontrar seus pais biológicos, com certeza, é com a ajuda de um profissional, para isso, um detetive particular é o mais indicado. Você só precisa repassar as informações que possui e, se possível, intermediar uma conversa entre seus pais adotivos e o investigador. Qualquer dado extra é importante para facilitar a busca.

Em seguida, inicia-se a investigação. O tempo do processo vai depender da dificuldade em rastrear os pais biológicos em questão. Todas as provas e informações colhidas são passadas ao cliente que, então, deve decidir se quer ou não entrar em contato com seus pais verdadeiros.

Todos os dados adquiridos antes, durante e após a investigação são mantidos em sigilo, portanto, sua identidade como filho adotivo se mantém em segredo caso seja a sua vontade.

Leia também O que faz um detetive particular?