investigação, Conheça 3 técnicas infalíveis para uma investigação

Conheça 3 técnicas infalíveis para uma investigação

Mesmo que você nunca tenha contratado o serviço de um detetive particular, certamente já deve ter ouvido relatos de quem já viveu essa experiência. O ramo da investigação atrai uma série de pessoas, até mesmo aquelas que já são formadas em cursos como o de Jornalismo e Direito, por exemplo. Sabe-se que para atuar com casos investigativos é preciso ter raciocínio rápido e boa memória. Porém, vai muito além disso. O detetive precisar aprender os macetes exigidos pela profissão, bem como métodos que são essenciais para chegar aos resultados esperados por quem o contratou. Pensando nisso, separamos uma lista com três técnicas infalíveis para quem deseja realizar uma investigação de sucesso.

Antes de mais nada, a discrição é uma característica fundamental para o trabalho de um detetive particular. Procurado para os mais diferentes tipos de investigações, ele deve colher o máximo de informações e provas eficientes sem levantar nenhuma suspeita.

O detetive também precisa ser imparcial em qualquer situação, agindo com profissionalismo e deixando as emoções ou opiniões pessoais de lado. Claro que em alguns casos isso é praticamente impossível, mas para que a investigação ocorra como o planejado, torna-se primordial. Portanto, ser discreto e agir com imparcialidade são os primeiros passos para colocar as técnicas em prática.

1. Identificação de mentiras por meio do comportamento

Atenção à fala de quem está sendo avaliado e, também, aos seus movimentos fazem parte do trabalho. Em uma investigação, é preciso se apegar a cada detalhe e o detetive particular tem facilidade em fazer leitura corporal para detectar mentiras. Afinal, o comportamento de alguém diz muito sobre o que se passa em sua mente.

2. Questionamentos plausíveis e estratégia de abordagem

É necessário ter estratégia para abordar o possível envolvido. Diferente do que acontece quando se trata de um caso policial, legalmente, ninguém é obrigado a prestar depoimento para o detetive particular. Nesse caso, o melhor caminho são as perguntas indiretas, as quais ajudarão o profissional a reparar nos mínimos sinais de alerta, para identificar verdades e mentiras.

3. Cautela e uso de equipamentos apropriados 

O disfarce e a infiltração são algumas das técnicas mais utilizadas em uma investigação e, normalmente, usadas em casos mais difíceis. A chance de descoberta sempre existe e o detetive particular precisa ser extremamente cauteloso. Vale ressaltar aqui que trabalhar com equipamentos tecnológicos de última geração facilitam muito o curso da investigação, principalmente, para se obter provas. Em alguns casos, elas podem ser usadas para fins judiciais.

A profissão de detetive particular apresenta seus riscos, mas quando há experiência do profissional para aplicar essas técnicas, tudo indica que haverá sucesso na resolução do caso.

Aproveite e leia também: O mistério por trás da investigação particular

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *